Home, Varejo

A evolução dos mercadinhos e seu poder de crescimento

A evolução dos mercadinhos e seu poder de crescimento

Muita gente pode ter apostado que o crescimento das redes de hipermercados nas últimas décadas ia atrapalhar os negócios dos minimercados. Essas pessoas se enganaram muito: foi o comportamento do consumidor que mudou. O resultado foi a evolução dos mercadinhos nos bairros, que atraem cada vez mais clientes.

Esse fato foi comprovado em informações levantadas em uma matéria da revista DecNews. O artigo explica que o movimento dos super e hipermercados caiu 0,07% só no ano passado. Em contrapartida dessa queda, os mercadinhos têm projeção de crescimento de 13% nos próximos quatro anos.

Mercadinhos são preferência entre os novos consumidores

O cenário positivo para os pequenos mercados não esconde mistérios. As famílias estão menores e, no geral, não precisam mais fazer grandes compras mensais para estocar em casa. Os consumidores querem praticidade e comodidade. Quem oferece toda essa conveniência perto de casa ou do trabalho? Os mercadinhos. Eles podem até ser pequenos no nome e no espaço físico, mas têm um potencial imenso.

A preferência pelo minimercado vai continuar crescendo, mas para garantir que os clientes prefiram o seu ponto, os lojistas precisam estar atentos e preparados. Confira algumas dicas a seguir.

Como explorar o poder de crescimento dos mercadinhos

Os grandes hipermercados ou supermercados não tem tanta facilidade de acolher os consumidores quanto os mercadinhos. Se essa capacidade de adequar o canal às necessidades dos clientes for bem explorada é sucesso na certa.

Atendimento personalizado: é comum os clientes de minimercados criarem um tipo de vínculo com estabelecimentos locais. Seja prestativo, cortês e garanta que os demais funcionários tenham o mesmo cuidado no atendimento.

Variedade e produtos em dia: o bom atendimento é importante, mas sozinho ele não vai garantir a clientela. Estude a reposição de estoque, garanta a variedade e tenha sempre as novidades em mãos para oferecer aos consumidores.

Cuidado com a concorrência: não entre em pânico se o número de concorrentes aumentar e, muito menos, entre em guerra de preços. Ao oferecer um atendimento de excelência e os produtos que o consumidor precisa, o mercadinho consegue se destacar sem se complicar. Agindo com a razão você não precisa temer os demais estabelecimentos.

Loja limpa e atraente: a limpeza do ambiente é um fator decisivo para a preferência dos clientes, portanto, garanta que os espaços estejam sempre bem limpinhos. A tendência é que as pessoas comprem mais em minimercados, mas com certeza elas vão preferir os estabelecimentos que cuidam do visual.

Pronto para decolar com o poder de crescimento dos mercadinhos? Deixe seu comentário e divida sua opinião ou experiência!

 

Dicas mercadinhos

Deixe um comentário